Políticia

Cat-2

Paraíba

Brasil

» » Após denúncia, Ministério Público dá dez dias para que prefeito paraibano demita sogra






O prefeito de Nova Floresta, no agreste paraibano, Jarson Santos da Silva (PSB), recebeu uma notificação do Ministério Público da Paraíba para que demita a sua sogra, Marta Lúcia Santos Andrade, do cargo de Chefe de Gabinete em até 10 dias.
A notificação foi recebida depois que a denúncia de um suposto nepotismo cometido pelo prefeito foi recebida pelo promotor de Justiça, Eduardo de Freitas Torres. O jurista entendeu que Marta Lúcia é parente em primeiro grau por afinidade do gestor.
Agora o administrador municipal tem dez dias para responder a notificação com o cumprimento ou não da recomendação. Sob risco de ser alvo de ação por improbidade administrativa e reclamação junto ao Supremo Tribunal Federal.
“A prática do nepotismo é contrária aos princípios da moralidade, da impessoalidade, da isonomia e da eficiência não só no âmbito do Poder Judiciário, mas de toda a administração pública, não se podendo excluir da vedação imposta pelo Supremo Tribunal Federal os Poderes Legislativo e Executivo”, declarou Eduardo. 

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre Jacy Mendonça

Filho de Santa Rita, radialista do programa Jornal 100.5 Notícias na 100.5 FM.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Caderno de Esporte

Entretenimento

Mundo

Cat-5

Cat-6