Políticia

Cat-2

Paraíba

Brasil

» » Coreia do Norte: chefe de inteligência do Sul tentou matar Kim




Coreia do Norte exigiu nesta sexta-feira a extradição do chefe de inteligência da Coreia do SulLee Byung-Ho, após  acusá-lo de estar por trás de uma conspiração para assassinar o líder norte-coreano, Kim Jong-Un.
Na semana passada, o Ministério da Segurança da Coreia do Norte acusou a CIA (Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos) e o Serviço Nacional de Inteligência (NIS) sul-coreano de organizar um plano para assassinar sua “liderança suprema” com substâncias bioquímicas. As tentativas teriam ocorrido em grandes eventos do país, como recentes desfiles militares, e contado com a ajuda de um cidadão norte-coreano, de sobrenome Kim.

A acusação veio após semanas de tensão sobre o desenvolvimento de mísseis e armas nucleares pela Coreia do Norte e temores de que o país vai conduzir um sexto teste nuclear ou de lançamento de míssil balístico, desafiando resoluções do Conselho de Segurança da ONU.
Coreia do Norte exigiu nesta quinta-feira a entrega de “suspeitos terroristas” envolvidos na conspiração mas não identificou nenhuma pessoa. Hoje, a Promotoria disse que os responsáveis incluíam o chefe do serviço de inteligência e duas autoridades sul-coreanas e um empreiteiro chinês.
“Nós exigimos que as autoridades relevantes detectem, prendam e entreguem imediatamente para a Coreia do Norte os responsáveis pelo hediondo crime apoiado pelo Estado, cúmplices e seus seguidores”, disse a Promotoria.
Em fevereiro, Kim Jong-Nam, irmão mais velho do líder norte-coreano, foi assassinado em Kuala Lumpur, na Malásia, após ser atacado com o agente VX, uma arma química letal de uso muito restrito.
(com Reuters)
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre Jacy Mendonça

Filho de Santa Rita, radialista do programa Jornal 100.5 Notícias na 100.5 FM.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Caderno de Esporte

Entretenimento

Mundo

Cat-5

Cat-6