Políticia

Cat-2

Paraíba

Brasil

» » Secretário defende que guardas municipais usem armas letais: ‘vamos ajudar a combater a violência’









O secretário de Segurança Urbana e Cidadania de João Pessoa, Geraldo Amorim, nesta quinta-feira (11), afirmou que é importante para a população que os guardas municipais recebam a autorização para portar armas de fogo por conta da crescente violência que assola a cidade.
“O nosso trabalho inicial era apenas cuidar dos bens do município, mas, por conta da criminalidade, o Luciano Cartaxo (PSD) nos procurou para estudarmos como poderíamos ajudar no combate à violência”, contou.

Em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, Geraldo contou que já existe uma lei federal que autoriza a categoria a adotar esse tipo de armamento em cidades com mais de 500 mil habitantes e que é necessário apenas a solicitação do gestor municipal.

“É só o prefeito dizer que quer armar os guardas e convocar a Polícia Federal para poder acompanhar o processo. É preciso capacitar, preparar, treinar os funcionários para que manusear armas letais”, afirmou.

De acordo com Amorim, a atual administração está se esforçando nos últimos anos para realizar melhorias na Guarda Municipal com novos equipamentos e capacitação dos profissionais. “As polícias, atualmente, só conseguem fazer a repressão e por isso não dá conta, aí nos vamos poder auxilar nisso”.                        
[13:40, 11/5/2017] Ives Portal: Zenóbio acredita que oposições vão se unir em torno de projeto único em 2018: ‘mas ainda temos muitas interrogações’

Nesta quinta-feira (11), o prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB), declarou que as forças de oposição contra o governador Ricardo Coutinho (PSB) devem se unir em torno de uma única chapa na tentativa de derrotar o socialista.

“Na semana passada eu estive em Brasília com os senadores Cássio, Maranhão e Raimundo Lira e eu vejo muita possibilidade de a união entre as oposições se mantenha até o próximo ano. O importante é manter a unidade da aliança”, disse.

Zenóbio zerou a possibilidade de ele mesmo ser candidato ao governo do estado afirmando que pretende continuar à frente da prefeitura guarabirense e não há pressa para definir quem será o postulante ao cargo ocupado hoje por Coutinho.

“Ainda temos muitas interrogações como ‘será que Ricardo vai deixar ou não o governo?’ Tudo isso, sem sombra de dúvidas, vai interferir no que vai acontecer. Os prefeitos Cartaxo e Romero, por exemplo, estão bem avaliados pela população”, afirmou.

Yves Feitosa
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre Jacy Mendonça

Filho de Santa Rita, radialista do programa Jornal 100.5 Notícias na 100.5 FM.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Caderno de Esporte

Entretenimento

Mundo

Cat-5

Cat-6