Políticia

Cat-2

Paraíba

Brasil

» » Príncipe Harry teve ataques de pânico após a morte de sua mãe





Numa entrevista ao canal das Forças Armadas britânicas Forces TV, que foi ao ar nesta quarta-feira, na Inglaterra, o príncipe Harry falou abertamente sobre o sofrimento pelo qual passou após a morte de sua mãe, Diana.
Ao conversar com seu amigo, o medalhista paralímpico Dave Henson, Harry contou que teve ataques de pânico, mas, na época, decidiu esconder seus sentimentos.

  • “Todas as vezes em que eu estava em uma sala rodeado de pessoas, vestido de terno e gravata, o que acontece frequentemente, eu ficava suando e com o coração batendo forte, literalmente como uma máquina de lavar roupas. Eu ficava tipo, ‘ai meu Deus, tire-me daqui agora’. Mas pensava: ‘Oh, espere aí, eu não posso sair daqui, eu tenho que apenas esconder isso”, disse Harry.

O momento de procurar ajuda

No entanto, ele só decidiu procurar ajuda aos 28 anos, após o que ele descreveu como “dois anos de caos total” em que começou a sofrer ataques de pânico durante os compromissos reais, ele decidiu finalmente procurar ajuda profissional para lidar com algumas questões psicológicas.
Há alguns meses, o príncipe, que hoje está com 32 anos e é o quinta na linha de sucessão ao trono britânico, tem focado em ajudar publicamente outras pessoas a combater doenças de saúde mental, falando abertamente sobre o assunto, ao lado de seu irmão, o príncipe Willian, o segundo na linha de sucessão, e a cunhada, Kate Middleton.
Ainda em conversa com seu amigo Henson, Harry disse: “Você passa por todas essas coisas e depois conhece outros rapazes que estão em uma jornada similar. Você se ajuda para então poder ajudar outras pessoas. Isso é extremamente poderoso.”


(Com Estadão Conteúdo)
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre Jacy Mendonça

Filho de Santa Rita, radialista do programa Jornal 100.5 Notícias na 100.5 FM.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Caderno de Esporte

Entretenimento

Mundo

Cat-5

Cat-6