Políticia

Cat-2

Paraíba

Brasil

» » Rebeca foi morta após descobrir caso do padrasto com outro homem, diz promotor

Estudante Rebeca Cristina foi assassinada aos 15 anosO promotor Marcus Leite, que cuida do ‘Caso Rebeca’, afirmou que o policial militar Edvaldo Soares da Silva, padrasto da estudante, teria estuprado e assassinado Rebeca Cristina para que ela não contasse a mãe sobre a descoberta de um caso extraconjugal que o policial teria tido com outro homem. A estudante foi morta em julho de 2011 e o policial militar vai ser julgado pelo crime em júri popular. Comente no fim da matéria.



De acordo com o promotor, a tese de que o policial estuprou e matou Rebeca Cristina por ela ter descoberto o caso extraconjugal ganhou força com depoimentos de amigos da estudante.



“O motivo do crime foi que Rebeca havia descoberto esse caso extraconjugal dele e pelo que tinha nas mensagens seria um indivíduo do sexo masculino. Rebeca teria passado essa informação para amigos e os amigos são testemunhas no processo”, comentou o promotor.

Sobre Edvaldo Soares, o promotor afirmou que ele continua negando autoria do crime e não revela o nome de um provável comparsa que teria participação na morte da estudante.

O Portal Correio tentou localizar a defesa do acusado para ouvi-la sobre a nova colocação do MPPB, mas não obteve sucesso.

PM vai ser julgado em júri popular

Nessa terça-feira (20), o presidente do 1º Tribunal do Júri da Capital, juiz Marcos William, decidiu que o policial vai ser julgado pelo crime em júri popular.

Segundo o juiz, a decisão aconteceu após conclusão de coleta de testemunhos de acusação e defesa e análise de todas as provas apresentadas no inquérito policial, que foi encerrado em setembro do ano passado. O réu, que era padrasto da vítima, está preso desde julho do mesmo ano.

Investigações da Polícia Civil mostraram que Edvaldo Soares teria planejado o estupro e assassinato de Rebeca porque a adolescente teria descoberto um caso extraconjugal dele. O policial temia que a vítima contasse à mãe sobre a traição. Além disso, foi identificado ao longo do inquérito que o réu tinha histórico voltado para a prática de crimes sexuais, tendo sido alvo de sindicância e apurações policiais. 
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre Jacy Mendonça

Filho de Santa Rita, radialista do programa Jornal 100.5 Notícias na 100.5 FM.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Caderno de Esporte

Entretenimento

Mundo

Cat-5

Cat-6