Políticia

Cat-2

Paraíba

Brasil

» » A espera de um revés jurídico, prefeito interino de Bayeux revela plano para manter cidade funcionando; ouça








Seis meses foi o prazo que o prefeito interino de Bayeux , Luiz Antonio (PSDB), se deu para planejar a cidade após o afastamento do prefeito Berg Lima (sem partido). Em entrevista ao programa Rádio Verdade da Arapuan FM, o prefeito disse que como a qualquer momento a decisão judicial que afastou Berg pode se modificar ele não poderia fazer um planejamento longo.
"Vou planejar quatro anos?", questionou afirmando que como administrador tem o pensamento de que nas empresas se vive um dia após o outro e isso ele está fazendo na cidade e um para seis meses.
Luiz Antonio afirmou que já comunicou isso para o secretariado que é todo interino também. "Tem prazo de validade, dezembro. Temos a pauta do que vamos fazer amanhã e ações de seis meses", disse.
Já são 90 dias do afastamento de Berg, e o prefeito que foi eleito na chapa com o gestor afastado como esperança de romper com uma cultura política na cidade e culminou com a prisão de Berg por um ato de corrupção, Luiz Antonio afirmou que a única forma de mudar a realidade é mostrando que o povo tem dignidade e ressaltou que não há outra fonte de mudança que não o trabalho.
Câmara - o gestor afirmou que não tem nenhum vereador do seu partido na Câmara, mas que havia três na sua base e somando mais de 3 ou 4 que "têm interesse de a cidade ficar governável". Ele lembrou que a população tem uma avaliação negativa pelo erro inicial quando fez procedimento que não devia ter feito com relação ao grupo para a comissão processante. "Deixo nas mãos da câmara, minha obrigação é assumir a prefeitura fazer com que ande e dar satisfação à sociedade"

Marília Domingues

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre Jacy Mendonça

Filho de Santa Rita, radialista do programa Jornal 100.5 Notícias na 100.5 FM.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Caderno de Esporte

Entretenimento

Mundo

Cat-5

Cat-6