Políticia

Cat-2

Paraíba

Brasil

» » TCU aponta indícios de irregularidades em 72 de 94 obras públicas fiscalizadas

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) realizada em 94 obras públicas listadas no orçamento de 2017, encontrou indícios graves de irregularidades em 72 delas, informou a corte nesta quarta-feira (8).
As 94 obras fiscalizadas somam R$ 26,2 bilhões, o equivalente a 32,29% dos recursos destinados a obras públicas no orçamento de 2017.
Para 11 dessas obras, o TCU recomendou ao Congresso a paralisação, por apresentarem indícios de irregularidades com potencial de causar prejuízos aos cofres públicos.
Obras com recomendação de paralisação são:
  • Canal do Sertão (Alagoas)
  • Obras de construção da BR-235 (Bahia)
  • Adequação da Travessia Urbana em Juazeiro – BRs 235/407 (Bahia)
  • Construção da Fábrica de Hemoderivados e Biotecnologia (Pernambuco)
  • Construção da Vila Olímpica (Piauí)
  • Usina Termonuclear de Angra III (Rio de Janeiro)
  • Obras de construção da BR-040 (Rio de Janeiro)
  • Construção do centro e processamento final de imunobiológicos (Rio de Janeiro)
  • Corredor de Ônibus – SP – Radial Leste – Trecho 1 (São Paulo)
  • Corredor de Ônibus – SP – Radial Leste – Trecho 2 (São Paulo)
  • BRT de Palmas (Tocantins)
O custo estimado de 10 dessas 11 obras é de R$ 25,674 bilhões - o custo do BRT de Palmas está sob sigilo. As principais irregularidades encontradas foram:
  • projetos básicos e executivos deficientes;
  • sobrepreço;
  • superfaturamento;
  • descumprimento de cronograma.
Essas informações constam do Fiscobras 2017, relatório anual da Corte de contas sobre fiscalizações em obras públicas.
G1 

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre Jacy Mendonça

Filho de Santa Rita, radialista do programa Jornal 100.5 Notícias na 100.5 FM.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Caderno de Esporte

Entretenimento

Mundo

Cat-5

Cat-6