Políticia

Cat-2

Paraíba

Brasil

» » Cruz do Espírito Santo é referência na Paraíba no Programa Criança Feliz e recebe visita do MDS

O município de Cruz do Espírito Santo, na Região Metropolitana de João Pessoa, recebeu a visita de uma equipe do Ministério do Desenvolvimento Social  (MDS) para conhecer o trabalho do Programa Criança Feliz, que incentiva as famílias a cuidarem melhor de suas crianças através do fortalecimento de vínculos afetivos. Cruz foi tratado pelo MDS como referência na Paraíba na execução do programa do Governo Federal.
Há quatro meses, a Prefeitura de Cruz de Espírito Santo aderiu ao programa. Nesse período, uma equipe foi treinada para realizar do trabalho em áreas carentes da cidade. Ao todo, cerca de 500 famílias estão sendo assistidas pelo Criança Feliz.
“É um trabalho que envolve várias secretarias, mas que estamos desenvolvendo bem as atividades. Fruto disso é a vinda da equipe do MDS para conhecer de perto o nosso trabalho e fazer visita de monitoramento. Parabenizar a supervisora Micheline Paiva de Brito por comandar a equipe que trabalha de forma organizada visando sempre a melhoria das nossas crianças”, falou o prefeito Pedro Gomes, o ‘Pedrito’.
O prefeito disse ainda que a Prefeitura tem dado todo o suporte necessário em termos de informação, capacitação, troca de conhecimento, incentivos, mobilização e ainda acompanhando os visitadores junto às famílias. “O comprometimento tem feito toda a diferença e colocado Cruz do Espírito Santo nessa posição de sucesso. Uma criança bem estimulada vai ter mais facilidade ao chegar à escola e, automaticamente, um maior desenvolvimento intelectual”, disse.
Criança Feliz
O programa tem como foco o desenvolvimento integral das crianças brasileiras, principalmente daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. O principal objetivo é assegurar as condições para que elas desenvolvam seu pleno potencial. Para isso, há uma estratégia de visitação domiciliar que visa atender famílias com crianças de até três anos de idade. No caso de crianças em situação de extrema pobreza ou necessidades especiais, o apoio se estende até os seis anos de idade, além das gestantes. O método do programa é estimular a interação entre a criança e o seu cuidador. É na infância que os principais vínculos afetivos são estabelecidos.

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre Jacy Mendonça

Filho de Santa Rita, radialista do programa Jornal 100.5 Notícias na 100.5 FM.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Caderno de Esporte

Entretenimento

Mundo

Cat-5

Cat-6